Personal Trainer: Entenda o conceito, o que ele faz e por que contratar um para você | Medina Fitness Plus
Personal Trainer: Entenda o conceito, o que ele faz e por que contratar um para você
Personal Trainer: Entenda o conceito, o que ele faz e por que contratar um para você

O Personal Trainer é conhecido por ser o profissional que planeja e auxilia a execução de treinos individualizados, otimiza e acompanha o seu desempenho. Essas atribuições são o básico: todos já sabem. Mas como é o trabalho do Personal na prática e o que ele faz além disso que é o diferencial, e é isso que você vai entender no post de hoje.

Contratar ou não um Personal Trainer é uma dúvida presente na maior parte dos praticantes de exercícios físicos, e o pensamento geralmente é: será que vale a pena? Mas o que o Personal faz que o instrutor da academia não pode fazer? Eu nem gosto de musculação… por que contrataria um Personal?

No post de hoje você vai ter as respostas para todas essas perguntas, além de conhecer tudo que o Personal Trainer faz e o papel dele na sua saúde e no alcance de resultados!

Quem é o Personal Trainer?

O Personal Trainer deve ser formado em Educação Física, graduação que fornece o conhecimento necessário para que o profissional trabalhe de forma a promover, proteger e reabilitar a saúde através do estudo de diversos esportes, além da educação e reeducação motora e a criação de estratégias para melhorar o desempenho físico sem abrir mão da segurança do aluno.

Além disso, o Personal Trainer deve ser registrado no Conselho Regional de Educação Física. Não basta ser apenas graduado: ter o registro no Conselho Regional ativo é o que permite que o profissional exerça seu trabalho legalmente.

Esses são os dois primeiros pontos que você deve se atentar ao escolher um Personal: a graduação e o registro no conselho. O próximo passo é saber se o Personal tem alguma pós-graduação que o torne ainda mais preparado para o treinamento que você deseja.

Conheça a formação do Personal Trainer

Diversas pós-graduações têm foco exclusivo nas estratégias de planejamento e assistência individualizada, independente do objetivo físico do aluno. Ou seja, não basta o Personal conhecer o esporte, é necessário que ele saiba entender as necessidades do aluno para criar uma estratégia eficaz para aquela pessoa de forma compatível com os seus objetivos. Então lembre-se que quanto mais o profissional investiu na sua carreira, melhor será a forma que ele poderá conduzir o seu treinamento.

O Personal é o profissional capacitado para planejar um programa de exercícios desde a reabilitação de alguma doença até a alta performance de atletas, o que exige tanto conhecimento quanto experiência, dedicação e constante atualização.

Não confie cegamente naquelas “dicas” que o seu amigo praticante de musculação dá para você. Só o Personal Trainer está devidamente preparado para realizar um acompanhamento seguro e individualizado, já que a formação inteira dele é voltada para a prática de exercícios físicos e saúde.

O que o Personal Trainer faz?

O que o Personal Trainer faz?

O Personal Trainer vai muito além do papel de direcionar os treinos, conforme o senso comum propõe. Sim, esse é um dos papéis desse profissional, mas a estrutura do seu trabalho vai muito além dessa característica. Confira algumas atribuições do Personal:

  • Elaborar um treino personalizado para você, levando em conta seu estilo de vida, suas preferências, entendendo suas limitações e onde você se encontra no momento;
  • Ajudar a estabelecer seus objetivos;
  • Ser flexível em relação ao tempo e local de treino, quesito nem sempre satisfeito pelas academias convencionais;
  • Motivar você para seguir o treino, entendendo o seu foco;
  • Auxiliar na construção da sua própria disciplina e autonomia;
  • Ensinar você a execução correta e segura dos exercícios.

Esses são só alguns exemplos de características pontuais no trabalho do Personal Trainer, mas os benefícios vão além desses tópicos. Quer ver como? Segue no post com a gente que vamos exemplificar para você!

O Personal Trainer trabalha com uma metodologia de resultados

Pensar no trabalho do Personal como uma metodologia e não como ações soltas torna mais fácil entender que o acompanhamento é um processo planejado, não apenas uma série de medidas desconexas.

Vamos pensar que você começou agora a frequentar a academia e contratou um Personal Trainer para alcançar seus objetivos. Você quer saber qual é o plano para chegar lá, certo? Então conheça os 5 pilares do trabalho do Personal Trainer e os diferenciais que cada etapa oferece na sua jornada.

1. Entendendo sua situação atual

O seu primeiro contato com o Personal Trainer pode ser chamado de fase de diagnóstico. Em um primeiro momento, o Personal vai avaliar uma série de questões a respeito de você a partir da anamnese.

A anamnese é uma união de todas as informações relevantes a respeito de você para a prática de exercícios físicos. Nesse momento, o Personal precisará saber uma série de questões, como:

  • Sua idade, peso e altura;
  • Seus hábitos de vida como fumar e beber;
  • Se você tem problemas de saúde como hipertensão, diabetes, problemas de colesterol, problemas ortopédicos, lesões etc;
  • Se você toma algum medicamento de uso contínuo;
  • No caso de mulheres, se está grávida ou deseja engravidar;
  • Seu histórico prévio com exercícios físicos: se você começou agora ou já é praticante.

Depois da anamnese, o Personal realiza uma avaliação física, que inclui os seguintes pontos:

  • Medidas antropométricas e composição corporal
    Nessa etapa o Personal avalia o IMC, dobras cutâneas, circunferência e utiliza a bioimpedância para obter resultados de massa magra, massa gordurosa, gordura visceral e composição óssea.
  • Aptidão muscular
    A avaliação de alguns exercícios permite que o profissional avalie sua força muscular, endurance muscular (resistência) e flexibilidade.
  • Aptidão cardiorrespiratória; 
  • Avaliação postural.

A importância da Avaliação Física

A avaliação física é importante tanto no início do acompanhamento quanto para quem já está executando o programa de treinamento, para que o Personal Trainer consiga observar a evolução e adaptar o treino se for o caso.

Além das limitações questionadas na anamnese, a avaliação física oferece informações sobre o seu nível de condicionamento físico. É importante ter esses dados para que o Personal possa pensar na melhor modalidade para você, visando sua saúde e considerando que alguns tipos de exercícios exigem maior condicionamento que outros.

Isso não quer dizer que você não possa escolher a modalidade que mais lhe agrada! Na verdade, o papel do Personal nesse quesito também consiste em adaptar a modalidade que mais tem a ver com os seus objetivos à realidade do seu condicionamento físico. Se o seu desejo é melhorar sua performance na corrida, mas você não tem o hábito de correr, certamente você não vai começar correndo 10km em poucos minutos, não é mesmo?

Dessa forma, a avaliação física passa a ser uma grande aliada para o planejamento de suas metas e depois reavaliação do seu progresso.

Personal Trainer: O que é? O que faz? Por que contratar um?

Sabe por que o Personal precisa ter essas informações? Porque só depois de conhecer você, sua vida e um pouquinho da sua história é que é possível construir objetivos com você. Saber alguma complicação de saúde que você tem, por exemplo, pode mudar todo o planejamento do seu treino.

Entendendo suas maiores barreiras com o exercício

É também nessa fase que o Personal conversa com você sobre suas maiores dificuldades. Se você tem dificuldade em manter a regularidade nos treinos ou dificuldade em realizar exercícios aeróbicos, por exemplo, esse é o momento em que o Personal reúne essas informações para poder planejar o seu treino de forma a entender o motivo dessas dificuldades e elaborar uma forma de superá-las.

Tanto a sua história quanto o seu momento atual são importantes nessa avaliação. Talvez o seu estilo de vida até agora não sirva mais para você, portanto o Personal também avalia o quanto você está disposto a mudar de estilo de vida visando o alcance dos seus objetivos.

2. Objetivos e metas

Depois de entender quem você é e fazer um raio-x da sua condição atual, você e o Personal agora precisam definir objetivos e metas.

Ao se matricular em uma academia, você já tem alguns objetivos pré-definidos, certo? Mas isso não quer dizer que as coisas vão funcionar exatamente do jeito que você planejou. Confira algumas perguntas que o Personal vai abordar com você sobre sua META:

  • A sua meta é específica?
  • Ela é mensurável?
  • A sua meta é atingível?
  • Ela é realista?
  • E qual o tempo, quando quer atingi-la?

Por exemplo, se a sua meta é perder 10kg em um mês, mas você é iniciante na academia, não fará nenhuma mudança na alimentação e não tem familiaridade com atividades aeróbicas, a sua meta não é realista nem atingível, apesar de ser específica.

O papel do Personal aqui também inclui adaptar a sua meta para a realidade: em um mês não é possível perder essa quantidade de quilos, mas é possível fazer um planejamento para perder esse peso em mais tempo, por exemplo.

Metas de curto, médio e longo prazo

Esse é outro ponto a respeito de metas que o Personal vai definir com você. Vamos usar o mesmo exemplo acima: você contratou o Personal porque quer perder 10kg em um mês. Ao conversar sobre essa meta, você já entendeu que não vai ser possível dentro do tempo que você gostaria. Porém, separando essa meta em etapas menores, ela se torna alcançável em mais tempo, e é justamente esse planejamento que o Personal faz com você.

Por exemplo, com certeza você deseja perder 10kg de gordura, não de massa muscular. Tendo esse objetivo claro, sua meta se torna específica, mensurável, atingível e realista e o Personal pode planejar seu caminho até lá em etapas: curto, médio e longo prazo.

Separando seu grande objetivo em metas menores, o progresso passa a ser melhor observado e avaliado, além de te deixar mais motivado: pequenas conquistas nos dão a energia e satisfação necessários para ir atrás da nova pequena meta.Nesse sentido, as metas podem ser tanto a perda de peso (comemorar a perda de 2kg, depois de 4kg etc) quanto a superação de algum desafio do treino: quando você consegue correr maiores distâncias, aumentar o peso em algum exercício ou aguentar mais repetições em outro.

Planejando as mudanças

3. Planejando as mudanças

Agora que o Personal já conhece você e já construiu objetivos concretos, realistas e atingíveis de acordo com as suas necessidades, é hora de planejar de que forma você vai chegar no resultado desejado.

Aqui é que entra o coração do trabalho do Personal Trainer: o treinamento individualizado. Muito se fala sobre esse termo, mas agora você vai entender na prática o que ele significa.

Treinamento individualizado

Para montar o seu treino, o Personal vai precisar saber de aspectos da sua vida: sua disponibilidade na rotina para treinar e o tempo que você tem disponível para este fim. Vocês também vão combinar a frequência com que os treinos vão ocorrer de forma que fique compatível com a sua realidade e também seja eficaz para o alcance dos seus objetivos.

Outro diferencial no trabalho do Personal é justamente a possibilidade de adaptar os horários. Talvez aquele professor da academia que você gosta só está lá no horário da manhã, mas o seu tempo disponível é à noite. Com o Personal, isso não é um problema: a agenda de vocês dois é flexível e conversada de acordo com a disponibilidade de ambos.

Nessa etapa, o Personal também vai conversar com você sobre os tipos de exercício que você tem maior afinidade. Afinal, não faz sentido você encarar um treino funcional se o que você realmente adora fazer é musculação, certo?

“Isso quer dizer que eu só vou fazer os exercícios que gosto?”

Não! Quer dizer que a modalidade de exercício escolhida vai ser aquela mais adequada tanto ao seu desejo de emagrecer quanto ao que você sente prazer ao realizar. O exercício físico não deve ser encarado como uma punição, e sim como uma forma de cuidado: você deseja ter saúde, portanto se exercita de acordo com o que sente prazer.

Ao conversar com um professor de academia, dificilmente ele vai elaborar um treino totalmente novo ou totalmente adaptado à sua realidade, preferências e limitações. Já com o Personal, que já conhece suas dificuldades, receios e preferências, o treino terá totalmente a sua cara e será otimizado para o seu tempo disponívelobjetivo a ser atingido modalidade de preferência.

Mesmo se você não souber qual a modalidade que mais lhe agrada, o Personal Trainer ajuda você a encontrá-la. Se você já praticou alguma modalidade anteriormente, o Personal pode trazer novas técnicas, conhecimentos e formas de realizar os exercícios, evitando que você faça “mais do mesmo”.

Acompanhamento dos treinos

4. Acompanhamento dos treinos

Depois de montar o seu treino de acordo com todos os detalhes que falamos até agora, o próximo passo no trabalho do Personal Trainer é acompanhar e dar assistência aos seus treinos. Parece uma tarefa básica e óbvia, mas olha só os diferenciais de treinar com acompanhamento:

  • Segurança na execução dos exercícios
    O Personal pode avaliar se você está utilizando o peso correto, levando o tempo esperado para execução, pode corrigir a sua postura e ver se você está realizando o exercício da melhor forma.
  • Prevenção de lesões
    Se você estiver realizando os exercícios da forma errada, o risco de lesão é uma realidade. Já que o Personal acompanha a execução, evita o risco.
  • Instrução a respeito do papel de cada exercício
    O Personal explica cada exercício, fala sobre cada músculo que é trabalhado, fazendo com que você entenda melhor o propósito do seu treino.
  • Disposição para esclarecer dúvidas
    Qualquer dúvida que você venha a ter, mesmo as mais simples, podem ser resolvidas com o Personal. Ele está acostumado aos diversos questionamentos e está sempre pronto para trazer esclarecimentos a você.

Você já treinou e teve a sensação de que não estava evoluindo? Já se sentiu estagnado ou não conseguia mais se desafiar? Provavelmente esses dois sentimentos vieram de um treino que não havia acompanhamento. Ter um Personal Trainer acompanhando você faz com que a sua evolução ocorra de fato e seja planejada, estruturada e bem orientada.

Também na etapa do acompanhamento o Personal passa a se atentar à sua regularidade nos treinos e à qualidade de execução acima da quantidade. Ou seja, tendo um acompanhamento com o Personal é mais difícil se sabotar não indo aos treinos ou fazendo os exercícios mais rápido para terminar logo.

Motivação

Quantas vezes você já abandonou a prática de exercícios físicos porque não se sentia motivado o suficiente? Ou porque se sentiu perdido, sem orientação, porque parou de ver sentido no que estava fazendo?

O Personal auxilia a aumentar a sua motivação não só porque ele tem um compromisso regular com você, mas porque ele realmente acredita no seu potencial. Além disso, toda a orientação e os feedbacks de evolução que ele dá certamente contribuem para que você não queira desistir. 

Treinar com um Personal também é como treinar com companhia: para quem não gosta de treinar sozinho é uma excelente opção e certamente outra forma de motivação.

O Personal Trainer não é apenas o profissional do emagrecimento ou da hipertrofia, é acima de tudo o profissional da saúde. Ao longo do acompanhamento, você verá que você não estará apenas praticando exercícios físicos, você estará criando um novo estilo de vida baseado em hábitos saudáveis.

Reavaliações periódicas

5. Reavaliações periódicas

Agora que você já tem um treino e já está executando o mesmo recebendo todas as orientações necessárias e dando o seu melhor através do incentivo do Personal, chegou a hora de avaliar seu progresso!

Nessa etapa, o Personal passa a avaliar os seus resultados. Ele vai ver se você está evoluindo conforme o planejado ou se está tendo alguma dificuldade.

Também é nessa etapa que algum ajuste necessário é feito. Se você não está se adaptando a algum exercício ou se você passou a ficar estagnado nos resultados, está na hora de modificar seu treino.

Além disso, o Personal ao longo de todo o acompanhamento vai realizando a periodização de treino, que se caracteriza em separar e modificar o seu treino em ciclos, tanto para que você não enjoe quanto para que você siga se desafiando e potencializando a capacidade do seu corpo. 

As reavaliações periódicas também tem como objetivo estimular a sua autonomia e ensinar você a perceber sozinho as evoluções, além de comemorar suas vitórias! Avaliar seu progresso é uma forma muito importante de manter você motivado e mostrar que você está no caminho certo. Ver os seus resultados faz com que você se sinta cada vez mais perto do objetivo inicial!

O Personal Trainer estimula sua autonomia

Entendeu agora por que perder 10kg com um Personal é mais seguro, eficaz e flexível? O Personal demonstra imenso cuidado por você em cada parte desse processo e tem como objetivo promover a sua autonomia também. O acompanhamento com o Personal Trainer é uma via de mão dupla baseada em comunicação de forma linear.

Um bom Personal Trainer vai se preocupar em ensinar você de verdade a respeito da realização dos exercícios, formas de se sentir motivado mesmo sem ele, importância dos exercícios e músculos envolvidos, movimentos corretos, a relação entre o seu objetivo e o treino que ele estruturou para você, entre outras coisas. 

Você já entendeu a sua jornada com o Personal e as vantagens de treinar com um, mas garanto que ainda tem algumas dúvidas né? Então confere essa próxima parte do post!

O Personal me ajuda a emagrecer?

Com certeza! Usamos o exemplo do emagrecimento durante o post justamente porque o Personal desempenha um papel essencial nesse processo, não apenas pelos exercícios em si, mas por conhecer você e seus hábitos de vida que levam à dificuldade na perda de peso.

Se você busca exercícios para emagrecer, dificilmente está muito animado com a ideia e provavelmente não gosta de praticar exercícios. Se você tem esse perfil, saiba que o acompanhamento com o Personal pode te surpreender: o profissional é capaz de ajudar você a encontrar satisfação nos exercícios ao elaborar um treino personalizado para você.

Não gosto de musculação. Vale a pena contratar um Personal?

Sim! O Personal Trainer trabalha com diversas modalidades de treino, não apenas com a musculação. Pode ser CrossFit, treinamento funcional, corrida… o Personal é capaz de acompanhar você em várias atividades.

Um bom Personal é aquele que não se acomoda, ou seja, está em constante atualização e sempre ligado às novidades para poder inovar nas suas aulas, tornando-as mais dinâmicas e trazendo resultados mais satisfatórios para você. Isso vale tanto para a musculação quanto para outras modalidades: talvez você não goste porque ainda não teve um treino planejado especialmente para você, por um profissional dedicado e atualizado.

No momento de escolher o seu Personal, procure saber se ele já praticou ou lecionou uma ampla variedade de modalidades anteriormente. Quanto mais diversificadas as experiências e o conhecimento do Personal, maiores são as chances de ele trazer novidades às aulas e não se limitar apenas aos exercícios tradicionais de musculação.

Alguns profissionais trabalham com apenas uma modalidade, mas você encontra facilmente profissionais para o tipo de exercício que você procura.

Para quem o Personal Trainer é indicado?

Para quem o Personal Trainer é indicado?

Qualquer pessoa que deseje praticar exercícios físicos vê diferenças positivas a partir do acompanhamento com o Personal. Você pode ser iniciante ou pode ter bastante experiência e mesmo assim será beneficiado pelo trabalho do Personal, afinal, por mais experiência que você tenha, ela não substitui a formação acadêmica e técnica do Personal.

O trabalho do Personal torna-se ainda mais interessante e indicado para esses grupos:

  • Para quem busca resultados mais rápidos e com acompanhamento intensivo;
  • Quem quer estabelecer metas específicas e precisa de acompanhamento para realizá-las;
  • Pessoas constantemente desmotivadas;
  • Quem deseja resultados específicos não contemplados por programas convencionais de academias.

Geralmente ao se matricular em uma academia as pessoas buscam hipertrofia, emagrecimento ou definição muscular. Demandas mais específicas como reabilitação de alguma doença ou a alta performance em um esporte não convencional não costumam ser supridas pela academia, e são nesses resultados específicos que o Personal atua de forma completa e satisfatória.

Apesar de qualquer pessoa melhorar seu desempenho com o trabalho do Personal pelas vantagens que a atenção e assistência individualizadas trazem, quem se encaixa nesses três perfis consegue enxergar rapidamente a eficácia de treinar com um Personal.

É importante lembrar que pessoas com algumas condições específicas de saúde podem se beneficiar ainda mais com o trabalho do Personal, como quem tem problemas de dores nas costas, alguma outra condição ortopédica ou até artrite. Diversas patologias precisam de um cuidado maior, e o Personal Trainer é o profissional adequado para esse cuidado no exercício.

Qual é o melhor momento para contratar um Personal?

Agora! Vários motivos específicos podem fazer com que você sinta a necessidade de contratar o Personal: 

  • Você não está vendo resultados
  • Está tendo muitas dificuldades ou dúvidas nos treinos
  • Têm dificuldade com a regularidade nos treinos
  • Sua rotina é diferente todos os dias e precisa de flexibilidade
  • Sente-se desmotivado
  • Você está entediado com o seu treino atual

Mesmo que você não se encaixe em nenhuma dessas situações, contratar um Personal traz uma série de benefícios, conforme explicamos ao longo do texto.

Não tenho tempo para frequentar a academia. O Personal pode me ajudar?

Não tenho tempo para frequentar a academia. O Personal pode me ajudar?

Sim! O Personal Trainer pode trabalhar com você remotamente, montando treinos para que você realize em casa e acompanhando seu progresso da mesma forma. Essa modalidade tem se popularizado bastante nos últimos tempos e é uma estratégia interessante para quem prefere fazer exercícios em casa.

Outra modalidade comum é o próprio Personal ter seu material para treinos como funcional, por exemplo. Dessa forma você não precisa treinar na academia, pode treinar em locais abertos como parques.

Há ainda a possibilidade de treinar com o Personal na academia do seu prédio, combinando os recursos disponíveis nesse espaço com exercícios que utilizem apenas o peso do seu corpo.

Como o Personal cobra?

Essa é uma dúvida muito recorrente antes da decisão de contratar um Personal. A forma mais tradicional é cobrar por hora/aula, mas também é possível fazer pacotes de treino por quantidade de aulas semanais em um determinado tempo, seja mensal, semestral ou anual. Nos pacotes de maior tempo, é possível ainda diminuir o preço da hora/aula.

É essencial ter uma comprovação física dos combinados que você e o Personal fizerem, como um termo de consentimento contendo as regras da prestação de serviço: como será a dinâmica de reposição de aulas quando necessário, quantas vezes por semana vocês terão aulas, como proceder em caso de cancelamento e outros acordos necessários.

Quanto mais detalhista for o seu Personal Trainer, tende a ser maior a segurança de um bom serviço. Tendo um termo de consentimento você tem a garantia e a clareza dos detalhes do seu acompanhamento, tornando a dinâmica justa para ambas as partes.

Saiba o que o Personal não pode fazer por você!

O Personal Trainer não pode ocupar o espaço de outras profissões, como nutricionista, fisioterapeuta, entre outros. Personal não pode prescrever dieta e também não é muito adequado que “dê dicas” sobre alimentação, afinal, outros profissionais são responsáveis por esse nicho. O mesmo serve para a fisioterapia: o Personal tem seu papel na prevenção de lesões, mas algumas lesões são tratadas exclusivamente com fisioterapeutas.

Além disso, ter o acompanhamento de um Personal não reduz sua responsabilidade nos treinos. O Personal faz sim o papel de motivação e auxilia você na disciplina e compromisso com os treinos, mas você é o principal responsável pela dedicação e resultados. Você que estará treinando e se esforçando por um objetivo, portanto faça a sua parte para que o Personal possa fazer a dele!

E aí, gostou de saber como é o acompanhamento com um Personal Trainer e tudo que ele pode fazer por você? Então comenta aqui embaixo o que você mais gostou de saber e compartilha esse post com aquele amigo que treina com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *