Dores nas articulações: como prevenir e tratar?
Dores nas articulações: como prevenir e tratar?

Garanto que você já se deparou com pessoas de idade avançada com dores nas articulações, não é mesmo? Dores nos joelhos e nas costas são as queixas mais comuns!

Mesmo em indivíduos adultos, as dores aparecem ao realizar atividades corriqueiras, como uma leve caminhada, subida de escadas ou após uma faxina pesada no final de semana. Você pode pensar que essas dores são comuns… mas não são!

É muito importante tomar cuidado com articulações, porque o tecido que as compõe são quase isentos de regeneração depois que atingimos a fase adulta.

Siga no texto com a gente que vou lhe mostrar como prevenir e tratar esse incômodo.

  1. Diga não ao sedentarismo

Sabemos bem que diversas complicações do organismo derivam da falta de atividade física. Doenças crônicas, cardíacas, articulares, e mais algumas outras têm relação com a falta do exercício físico.

O primeiro passo para sair do sedentarismo pode ser adotar uma rotina mais ativa– optar por descer do ônibus um ponto antes de chegar ao seu destino e completar o caminho a pé, dar um passeio de bicicleta aos finais de semana, praticar algum esporte leve com seu filho.

Estudos relacionam a falta de atividade física com o aparecimento de diversas doenças, incluindo as dores nas articulações. As dores advindas do sedentarismo ocorrem porque alguns músculos auxiliam na proteção de articulações, fortalecendo-as e evitando lesões e choques, principalmente na área lombar, alvo corriqueiro de dores.

  1. Reforço muscular

Aqui já damos fim ao mito disseminado de que treinar músculos é relacionado apenas à estética.

Sabendo que as articulações precisam de proteção e reforço da musculatura, o próximo passo é começar a desenvolvê-la! Os músculos funcionam como sustentação e proteção das articulações, e fazer exercícios de força ajuda os mesmos a manter sua função, além de outros benefícios.

  1. Prefira exercícios aeróbicos de baixo impacto

Se você pensa em correr, qual a primeira coisa que vem na sua cabeça? Dores nos joelhos? Opa, péssimo sinal!

É comum que as pessoas reclamem de dores nos joelhos ao praticar atividades intensas como a corrida. Esse problema acontece porque, com a falta de reforço muscular aliado ao impacto que a corrida exige, as articulações dos joelhos ficam sobrecarregadas, causando dor.

Para evitar esse desgaste, prefira exercícios aeróbicos de menor impacto, como o ciclismo e corrida no aparelho elíptico. Você não vai ser prejudicado em resultados e continuará com suas articulações em perfeitas condições!

  1. Cuidado com a sobrecarga nas articulações

Um dos principais agravantes para dores nas articulações é a obesidade. Em 2017, 1 a cada 5 brasileiros era obeso, número que possivelmente aumentou desde então. Sabemos que a obesidade é uma doença crônica que influencia diretamente em outras complicações, como o aumento da pressão arterial e o desenvolvimento de diabetes.

Por que a obesidade é um problema para as articulações?
Porque o excesso de peso exige maior esforço articular para sustento, levando-as ao desgaste. A função das articulações não é trabalhar no seu limite o tempo todo, portanto, com a obesidade, esse é o quadro e leva ao desgaste precoce.

Outra forma de desgaste evitável é a postura. Passar muito tempo sentado sem estar com a coluna ereta sobrecarrega as articulações da lombar e podem gerar complicações indesejadas. Um exemplo de complicação relacionada é a lombalgia, caracterizada pela dor, incapacidade de se movimentar e trabalhar.

Pense na sua rotina de trabalho… de que forma você se senta? Você faz alongamentos? Comece a pensar nesses pontos: corrija sua postura sempre que puder e pratique alongamentos durante o expediente.

Algumas pessoas não relacionam, mas a tendinite também é uma inflamação nas articulações. Sendo assim, evite movimentos repetitivos com a mesma mão ou braço.

  1. Exercícios de flexibilidade também ajudam na saúde da lombar

Se o seu problema é dor nas costas, saiba que estudos apontam que exercícios que trabalham a flexibilidade em indivíduos sedentários também auxiliam na recuperação das dores lombares. Isso ocorre porque exercitar a flexibilidade também significa aumentar a amplitude de movimento, característica benéfica para o alívio das dores.

Entre esses exercícios podemos citar a ginástica e principalmente o pilates , que de quebra ainda te garante melhora na postura e outros benefícios imperdíveis.

 

Concluímos que já passou da hora de você começar algum exercício para proteger suas articulações, não é? Dores nas articulações não são brincadeira e devemos ter um olhar atento às mesmas, por mais jovem que você seja.

Manter uma rotina ativa é uma medida importantíssima, além de escolher uma atividade que reúna o maior número de benefícios possível e que você se sinta confortável praticando. Temos aqui como sugestão o pilates, que se você ainda não conhece, está na hora de conhecer e aproveitar as vantagens dessa modalidade.

Atividades de reforço muscular e desenvolvimento de condicionamento físico também são essenciais, como falamos anteriormente. Aqui podemos sugerir o treino muscular, crossfit e também o treinamento funcional.

Agora que você já tem todas as informações necessárias, por que não vem conhecer nosso espaço para começarmos a te ajudar com as dores articulares?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscrito