Qual a diferença entre ter e não ter um Personal Trainer na aula?
Qual a diferença entre ter e não ter um Personal Trainer na aula?

 “Juliana, 30 anos, engenheira civil. Já fazem 3 meses que ela começou a treinar, mas Juliana diz ainda não ter percebido bons resultados, pois, segundo ela, é muito difícil seguir uma rotina regular de treinos, e um dos principais motivos é saber qual a atividade ideal já tendo testado umavasta gama de possibilidades—natação, crossfit, vôlei, caminhada, etc. Consequentemente, ela não mantém uma cadência na prática de exercícios, porque costuma se sentir desmotivada e sem ânimo.

Agora, Juliana está pensando seriamente em contratar um personal trainer, mas não tem certeza se o investimento vale a pena. Por isso ela deseja experimentar por um período com o acompanhamento de um Personal Trainer para testar”.

Aposto que você se identificou com a história acima.

Não se preocupe, é comum não perceber os resultados logo de início quando treinamos sozinhos — seja por nossos erros no desenvolvimento do exercício, ou porque não prestamos atenção – e diante de tantos empecilhos, manter o ritmo e ânimo nas primeiras semanas também é um pouco complicado.

É por isso que muitas pessoas buscam o apoio de um Personal Trainer para obter resultados de forma mais ágil e ter ajuda para manter a motivação — você também pode conseguir ótimos resultados treinando sozinha, mas o auxílio de um profissional pode ser o incentivo que faltava pro seu desempenho ir no céu.

E para te ajudar a escolher entre treinar sozinha ou com Personal eu escrevi este texto mostrando a diferença entre esses dois tipos de aula.

Ficou interessada? Então continue lendo o texto e finalmente descubra qual a melhor opção para você.

“Realmente existe diferença entre treinar com Personal ou sozinha?”

Sim! Podemos comparar essa situação com o aprendizado de um instrumento musical, como o violino. É possível obter ótimos resultados praticando sozinha, mas um professor de música te ajudará a evoluir de forma mais ágil e de forma a evitar o aparecimento de lesões nas mãos. O principal diferencial é que o professor tem experiência e tem mais conhecimento do que você no assunto, passando confiança e credibilidade.

Confira as diferenças:

Sem um personal

Você fica encarregada deescolher todos os exercícios

Como não há um Personal Trainer para lhe indicar os melhores exercícios de forma personalizada para você, é necessário escolher todos os exercícios que serão realizados ao longo do treino . O trabalho se complica quando lembramos que é recomendado alternar exercícios entre os treinos.  Além disso, você também será encarregada de aprender a realizar cada um desses exercícios sozinha — o que não é uma tarefa das mais simples,levando em conta que seu cada indivíduo se encontra em um estágio diferente de desenvolvimento motor, além da segurança para evitar lesões.

A vantagem aqui é que sua autonomia é muito grande, ou seja, se você entende bastante de atividade física, também pode ter bons resultados treinando sozinha.

Pode bater uma sensação de solidão às vezes

O sentimento de solidão écomum para a maioria das pessoas que começam a treinar sozinhas. Há quemrealmente gosta da sensação de solidão e até prefere se exercitar em silêncio. Mas se você não é uma pessoa muita calada, o silêncio pode te deixar ainda mais ansiosa. Ou seja, o treino solitário pode ser uma vantagem ou desvantagem, dependendo da sua personalidade.

A aula é mais econômica

Existe um aspecto que a aula sem acompanhamento com certeza leva a melhor: a economia. Na teoria, para começar a treinar sozinha você precisa somente de seu corpo. Correr no parque ou fazer polichinelos em casa são coisas gratuitas. Então se você deseja percorrer uma jornada um pouco mais longa e árdua para economizar algum dinheiro o treinamento sem acompanhamento pode ser uma boa opção.

 

Com um Personal Trainer

 

Você terá mais facilidade em se comprometer com o treinamento

Quando você contrata um Personal Trainer está se comprometendo a ir aos treinos e a se esforçar para atingir seus objetivos. Isso pode soar um pouco assustador, mas a melhor forma de alcançar suas metas é sendo perseverante e disciplinada, e uma das funções deste profissional é justamente aprimorar sua autodisciplina e força de vontade.

Além disso, a companhia do profissional em si já é um estímulo motivador. Ter alguém acompanhando seu processo, se satisfazendo pelos seus avanços e comemorando com você fazem toda a diferença ao desenvolver um exercício.

Os treinos costumam ser mais variados

Um personal trainer possui o conhecimento necessário para juntar vários tipos de treinos e adaptá-los ao seu biotipo para que você alcance bons resultados de forma mais prática e sem que o treino se torne maçante com o passar das semanas. Por exemplo, você pode andar de bicicleta como uma opção de treino de cardio de uma semana e na outra uma corrida no parque.

Você pode focar apenas na execução dos exercícios

Como o seu treino é sempre acompanhado por um profissional, você não precisa se preocupar em descobrir por conta própria como fazer determinados exercícios da forma correta. O seu Personal lhe mostrará como fazê-los e você poderá manter o foco somente na execução, prestando atenção ao seu corpo e tendo o auxílio constante caso tenha alguma dúvida ou algum empecilho.

Haverá sempre o apoio psicológico por parte do Personal Trainer

O personal trainer é, antes de tudo, um professor. E os professores são excelentes em nos dar apoio moral para ultrapassarmos nossos limites — todo mundo se lembra de algum professor que sempre respondia qualquer pergunta com toda boa vontade do mundo, não é mesmo?

Além disso, o profissional estará sempre lhe ajudando a atingir o seu potencial máximo nos treinos, “pegando no seu pé” para que você se exercite da melhor forma possível. O seu avanço não é importante só para você – o personal também está ao seu lado na busca dos seus objetivos.

Qual a diferença entre ter e não ter um Personal Trainer na aula?

Conclusão

Como você já devia imaginar, existem diferenças gritantes entre treinar sozinha e acompanhada de um profissional — e essas diferenças podem ser notadas na forma de realizar os exercícios e até nos resultados.

Agora cabe a você escolher qual caminho deseja seguir. Cada um possui suas vantagens e desvantagens: o treinamento sem acompanhamento demora mais a trazer resultados,pode causar desistência rápida, há o risco de má execução. E o treinamento com um Personal traz resultados de melhor qualidade, maior diversidade dos exercícios e motivação para treinar, porém, ao preço que essa assistência merece — e cabe a você escolher qual é o melhor para seus objetivos e rotina.

Se você deseja conhecer um excelente profissional para te ajudar nessa árdua, porém gratificante jornada dos exercícios físicos, lhe recomendo visitar nosso Studio e aprender um pouco mais sobre nossa metodologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscrito