Qual a diferença entre nutricionista e nutrólogo?
Qual a diferença entre nutricionista e nutrólogo?

Você, provavelmente, já ouviu os termos “nutrólogo” e “nutricionista”, pois são dois termos comuns entre as pessoas que desejam adotar uma vida mais saudável através da boa alimentação.

Mas a maioria das pessoas confundem estes termos e acham que é a mesma coisa. Esses profissionais trabalham com o mesmo objetivo: trazer mais qualidade de vida a seus pacientes por meio dos alimentos saudáveis. Mas cada um tem suas particularidades.

Pode-se dizer que a diferença entre nutrólogo e nutricionista é parecida com a diferença entre psicólogos e psiquiatras: todos já ouviram falar deles, mas poucos realmente sabem a diferença entre eles. E por esse motivo escrevi este texto. Aqui você verá a diferença entre esses profissionais, o que eles fazem e qual a importância de cada um.

Nutricionista e nutrólogo são diferentes. Você sabia?

Nutricionista e nutrólogo são diferentes. Você sabia?

Ficou curiosa? Continue lendo o texto e tire suas dúvidas.

Mas afinal, qual a diferença entre nutricionista e nutrólogo?

O nutrólogo é formado em medicina e tem especialização em nutrologia. Já a nutricionista tem formação em nutrição. Enquanto o foco do nutrólogo é achar a causa de distúrbios, como o ganho ou perda excessiva de peso, a nutricionista tem como principal função indicar dietas e alimentos para as pessoas levando em consideração diversos fatores como idade, peso, sexo e metas esperadas da dieta.

Leia também: Guia Alimentar- 08 passos para uma alimentação mais saudável

Uma explicação prática da diferença

Se você se consultou com um médico, está saudável e quer orientação profissional para obter uma dieta mais balanceada, com o intuito de manter ou atingir o peso ideal, além de manter sua boa saúde: vá a uma nutricionista.

Agora, se você tem alguma doença como diabetes, obesidade, ou algum distúrbio alimentar, é recomendado ir primeiro a um nutrólogo para buscar as principais causas da doença, e dessa forma, obter um tratamento mais eficaz.

Como essas duas áreas se complementam?

Bom, o nutrólogo é um médico. Logo, o foco desse profissional é encontrar e tratar doenças relacionadas aos alimentos nosso sistema digestivo e tudo que envolve comida. Mas o profissional com um conhecimento mais avançado sobre os alimentos é justamente a nutricionista.

Por isso, se você está tratando uma doença crônica, onde a alimentação tem um impacto direto, é interessante buscar uma ação conjunta desses dois profissionais. O nutrólogo busca possíveis doenças que estão te afetando, e a nutricionista traz a você uma estratégia de alimentação para tratar e prevenir doenças, e trazer mais qualidade de vida.

Quais as principais funções de um nutrólogo?

Existem algumas definições. Vamos a elas?

Tratar doenças crônicas

Existem doenças crônicas e não transmissíveis, como a diabetes, hipertensão e aterosclerose, que podem ser acompanhadas e tratadas com o auxilio do nutrólogo, pois uma importante parte do tratamento se resume em adotar uma dieta com capacidade de controlar o avanço da doença.

Tratar doenças relacionadas ao metabolismo

Aqui o foco é tratar doenças metabólicas, como a doença celíaca, intolerância à lactose e outras similares.

Obesidade- especialidade do nutrólogo

Obesidade- especialidade do nutrólogo

Elas também podem (e devem) ser tratadas com a ajuda do nutrólogo, pois esse profissional pode encontrar as principais causas de doenças do metabolismo, e assim, mostrar um tratamento de forma mais eficaz.

Auxiliar pessoas com obesidade

O nutrólogo pode ser de grande ajuda para as pessoas que estão tratando questões relacionadas ao sobrepeso e a obesidade, pois essa é uma excelente maneira de atingir a raiz do problema.

Esse profissional, além das orientações dietéticas, é capaz de medicar e instruir o paciente sobre o melhor tratamento para controle do peso e dos sintomas dessas condições metabólicas.

O que faz um nutricionista?

O foco do nutricionista está na alimentação saudável, pois esse profissional entende como ninguém os alimentosAbaixo tem uma lista com os casos mais comuns onde os nutricionistas atuam.

Nutrição Esportiva

A nutrição esportiva é voltada para pessoas que realizam algum esporte ou atividade física e tem como objetivo melhorar o desempenho físico dos atletas e aperfeiçoar a recuperação pós-exercício.

O nutricionista esportivo atende de forma individual ou cuida do interesse de um grupo de pessoas (atuando em clubes e academias).

No caso do atendimento individual, o nutricionista prescreve uma dieta ao atleta conforme o suas metas e o esporte ou atividade física praticada.

Os resultados são tão bons que é muito comum ver equipes profissionais e amadoras contratando nutricionistas para definir um cardápio com a capacidade de auxiliar os atletas.

Nutrição Coletiva

A nutrição coletiva cuida da saúde de um grupo de pessoas. Neste caso, o nutricionista pode atuar em restaurantes, refeitórios, cozinhas industriais ou na área de vigilância sanitária.

No caso de restaurantes e cozinhas industriais, o nutricionista é a pessoa responsável por definir o cardápio a ser servido. Além disso, ele acompanha todo o processo de preparo das refeições para orientar os colaboradores sobre como manipular os alimentos de forma correta.

O nutricionista cuida da estocagem dos alimentos, define o local adequado para armazenar cada produto e verifica as condições dos equipamentos de estocagem (geladeiras, estufas etc.).

E esse profissional precisa estar atento à legislação vigente sobre estocagem e manuseio de alimentos, pois é o profissional responsável por definir os procedimentos dentro da cozinha e armazém, adequando-os de acordo com a lei.

Como vigilante sanitário, o nutricionista fiscaliza os estabelecimentos que lidam com alimentos para garantir a qualidade dos serviços.

Nutrição Clínica

Esse é o atendimento mais conhecido. É realizado individualmente. O nutricionista faz um diagnóstico nutricional e elabora uma dieta para atender as necessidades do paciente. Para isso, ocorre uma “investigação” sobre a saúde do paciente, seus hábitos alimentares e seu estilo de vida.

A análise de saúde é feita através de medições de peso, altura, quantidade de gordura e massa muscular. O nutricionista pode solicitar exames bioquímicos (exames de sangue e urina, por exemplo) para ter uma analise mais completa.

Além disso, o nutricionista faz uma série de perguntas ao paciente para investigar o histórico familiar de doenças, seus hábitos alimentares e qual é o seu estilo de vida (se costuma exercitar-se, se trabalha em escritório, se o trabalho exige força física, etc.).

E por meio de toda essa analise, o nutricionista é capaz estabelecer um dieta feita especialmente para você e seu organismo. Caso o paciente esteja fazendo algum tratamento de saúde, o nutricionista deve acompanhar este paciente, prescrevendo e adequando sua dieta de acordo com cada fase do tratamento.

Concluindo

Nutrição e nutrologia são duas áreas diferentes com um objetivo em comum: trazer mais qualidade de vida para você, por meio de alimentos saudáveis e uma dieta balanceada. O ideal é visitar esses dois profissionais para que eles possam, em conjunto, traçar um plano de alimentação de acordo com suas metas e características individuais.

Gostou do texto? Então não se esqueça de compartilha-lo para que mais pessoas saibam a diferença entre nutrólogo e nutricionista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscrito